Paineis Solares Térmicos

Os painéis solares térmicos transformam a radiação solar directamente em energia térmica para o aquecimento de águas ou outros fins. Um sistema solar térmico pode reduzir até um terço a factura energética de cada habitação. Estes equipamentos captam a radiação solar através de colectores, que a transformam em calor e a transmitem à água que utilizamos nas nossas casas, nomeadamente para tomar banho e cozinhar.

Como Portugal é um país de elevado potencial solar e que se encontra subaproveitado, o Governo criou um programa de incentivo à utilização de energias renováveis, criando uma solução chave-na-mão que lhe vai permitir poupar mais de 20% do valor da factura de gás da sua casa.

Agora pode beneficiar deste programa de incentivo à utilização de energias renováveis, com condições especiais e garantia de poupança. Este programa tem ainda as seguintes vantagens:

mapa_rad Portugal é um dos países da Europa com maior disponibilidade de radiação solar. Uma forma de dar ideia desse facto é em termos do número médio anual de horas de Sol, que varia entre 2.200 e 3.000 para Portugal e, por exemplo, para Alemanha varia entre 1.200 e 1.700 h.

Contudo, este tipo de recurso tem sido mal aproveitado para usos tipicamente energéticos. Basta verificar alguns dos números relativos à difusão dos colectores solares térmicos na Europa, não só na Orla Mediterrânea como em países como a Alemanha é a Áustria, para compreender que algo deveria ser feito em Portugal para a promoção da energia solar. A medida Solar Térmico 2009 pretende contrariar estar tendência.

SolarWorld justifica perdas de exploração com dumping chinês

A SolarWorld, maior fabricante alemão de painéis solares, que lidera nos EUA e na Europa o combate contra a concorrência desleal dos fabricantes chineses, anunciou perdas de exploração de 144 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, justificadas pela agressividade das práticas comerciais ilegais.

As estimativas da SolarWorld apontam para um resultado de exploração negativo para o conjunto de 2012, devido às mesmas razões.

Os fabricantes chineses detêm cerca de 80% do mercado europeu do setor, que por si representa dois terços do mercado mundial.

Em apenas um ano, os preços dos painéis solares caíram cerca de 50%, colocando em dificuldade alguns fabricantes norte-americanos e europeus.

Página seguinte →