Fábrica de painéis solares em Moçambique

Moçambique e a Índia vão investir 10 milhões de dólares (7 milhões de euros) na construção de uma fábrica de painéis solares na zona industrial de Belulune, arredores de Maputo.

O ministro da Energia moçambicano, Salvador Namburete, lançou quinta-feira a primeira pedra da nova fábrica, que deve estar construída e a operar dentro de um ano. Quando em plena laboração vai empregar 70 pessoas, incluindo 15 engenheiros, que receberão formação na Índia.

O ministro disse que inicialmente o material para a construção dos painéis será importado da Índia, mas que numa segunda fase se espera que esses componentes sejam fabricados no país.

Actualmente Moçambique importa painéis solares, usados para fornecer electricidade a edifícios públicos, como escolas ou hospitais, ou furos de abastecimento de água, que não estão ligados à rede nacional de distribuição de energia.

Segundo Salvador Namburete a iniciativa enquadra-se na estratégia do Governo de usar todas as fontes disponíveis de produção de energia, incluindo a solar e outras energias renováveis, com o objectivo de desenvolver o país.

Esta é apenas a primeira fábrica, de acordo com o ministro, que acrescenta que o Governo quer que a iniciativa se repita em outras partes de Moçambique.

Segundo números oficiais o acesso a fontes de energia duplicou em Moçambique nos últimos cinco anos, passando de 7% em 2004 para os actuais 14%.

Comments

1 comentário to “Fábrica de painéis solares em Moçambique”

  1. Tsekuru on Novembro 15th, 2011 14:05

    Boa tarde, gostaria de ter mais informacoes sobre este assunto. Em que fase se encontra o projecto actualmente?
    Sou formado na area de electriotecnia mas pergunto como um mero consumidor, pois pretendo projectar a minha casa para uso de energia solar.

    Cumprimentos,
    Tsekuru

Deixar comentário