Rapaz de 13 anos descobre sistema que aumenta eficiência da energia solar em 20%

Aidan Dwyer tem 13 anos e pode ser considerado um pequeno génio. Isto porque descobriu o que nenhum adulto conseguiu: criar um sistema que melhora a energia solar em 20%, através da aplicação da famosa sucessão numérica de Fibonacci.

O protótipo de painel solar criado por Aidan é 20% mais eficiente que os actuais painéis solares, recolhendo luz durante mais duas horas e meia por dia. Os jornais especializados em energias renováveis dizem já que esta invenção poderá voltar a revolucionar a energia solar.

De acordo com o Gizmodo, a descoberta do jovem de 13 anos parece ter sido tirada de um guião de filme de Hollywood. Aidan passeava pelos bosques do Estado de Nova Iorque quando reparou nos padrões em espiral das folhas dos ramos de árvores. Fotografou-os e, ao analisá-los, apercebeu-se que estes respondiam à sucessão numérica de Fibonacci.

Mais tarde, o jovem – que frequenta o 7º ano – pensou que estes padrões poderiam estar relacionados com a quantidade de luz solar que recebiam as plantas. Para provar a sua teoria, construiu dois painéis com células fotovoltaicas. O primeiro, com a forma dos actuais painéis, e o segundo com um novo desenho, baseado nos padrões dos ramos das plantas. Quando comparou os resultados, percebeu que o novo desenho superava a eficiência do antigo em mais de 20%.

“Os resultados mais interessantes produziram-se em Dezembro, quando o Sol estava na sua posição mais baixa em relação ao céu. O desenho em forma de árvore produziu mais 50% de electricidade e o tempo de recolha foi 50% superior”, assegurou o jovem num artigo publicado na página Web do museu da História Natural.

fonte: Greensavers

Comments

Deixar comentário