SolarWorld justifica perdas de exploração com dumping chinês

A SolarWorld, maior fabricante alemão de painéis solares, que lidera nos EUA e na Europa o combate contra a concorrência desleal dos fabricantes chineses, anunciou perdas de exploração de 144 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, justificadas pela agressividade das práticas comerciais ilegais.

As estimativas da SolarWorld apontam para um resultado de exploração negativo para o conjunto de 2012, devido às mesmas razões.

Os fabricantes chineses detêm cerca de 80% do mercado europeu do setor, que por si representa dois terços do mercado mundial.

Em apenas um ano, os preços dos painéis solares caíram cerca de 50%, colocando em dificuldade alguns fabricantes norte-americanos e europeus.

Comments

Deixar comentário